Abril intenso para as séries HBO – Estreias

Olá, como estão por ai?!

Por aqui tudo tranquilo! =)

Bom, semana passada fui chamada para ver as estreias da HBO do mês de abril e vi o os primeiros episódios das novas temporadas de Veep, Silicon Valey e The Leftovers.

 

Vamos começar por Silicon Valey que vai estrear domingo que vem, 23 de abril às 23h00 no canal HBO.

A série nerd (de fato!) chega a 4ª temporada com um tom de nova era. Sem spoilers e contando o que aparece no trailer, Richard quer construir um novo jeito, ou melhor, uma nova estrutura de consumir internet e leva a Pied Piper para buscar novos horizontes. Além disso, algumas pessoas podem não ter tanta sorte e sucesso nesta nova temporada. Acho que frustrações e grandes desafios estão pela frente!

silicon valley

A série não é a minha favorita da vida, mas por este primeiro episódio eu pude notar que estão tentando dar uma injeção de ânimo para a temporada, a dinâmica mudou um pouco e neste momento estão rolando vários plot twist na vida das personagens, tanto para o bem, quanto para o mal. E isso é bacana para que uma série se mantenha viva por bastante tempo, parece que as coisas se intensificam a partir daqui.

Fiquei animada para ver a temporada e dar umas olhadinhas recordativas nas antigas e dar mais uma chance para estes nerdinhos! =)

Nota-do-crítico-4

 

Sobre Veep: uau, quanta acidez, quanto tapa na cara da sociedade (de maneira indireta)!

A série que chegou em sua nova temporada domingo passado, 16 de abril, deixa bem claro o seu recado: criticar mais do que nunca a eleição de um presidente maluco, que parece que é o que está acontecendo lá nos EUA, não é mesmo?!

Bom, Veep é aquele lance de piada ácida, sarcástica e de “humor negro”. As falas e ações de Selina Meyer são tão absurdas que chegam a ser cômicas! Mais uma vez, confesso que não me agrada muito! Sou dessas que fica um pouco em choque ao invés de rir, sabe?!

Bom, e nesta temporada ficou comprovado que as críticas indiretas estão cada vez mais intensas, assim, as falas e ações de Selena estão bem mais pesadas!

A protagonista antes era uma vice que tentava de tudo para estar no posto principal, ai  ela chegou lá, foi retirada, não é ninguém atualmente na política, apenas uma ex tentando ter uma retomada de holofote e, quem sabe, de presidência. Ela é quase uma coitada, o que é perigoso! Sentir pena de uma personagem como ela é um lance que prejudica o roteiro, já que ela traz o humor por sua postura escrota e suja perante ao mundo. Para o efeito cômico-crítico funcionar temos que sempre achar graça por seus absurdos, e nada mais! Não podemos perder a consciência de que aquilo não é uma coisa legal e que aquela não é a melhor pessoa do mundo!

veep

Há umas coisas meio soltas, como uma mudança meio sem explicação para Nova Iorque e uma nova estratégia – para não dizer plano mirabolante – de nova campanha presidencial. Acredito que mais do que nunca estão tentando esfregar na cara da população estadunidense a bobagem que fizeram ao votar em seu atual e real (ou surreal) presidente, mas tenho um pouco de medo que esse tiro acabe saindo pela culatra, talvez rir da própria besteira, as vezes, não seja o melhor jeito. Além disso, a personagem pode acabar ofendendo de vez quem antes ficava chocado. É um ponto que deve ser considerado, né gente?! O mundo anda em bastante caos, dá até medo de pensar em que uma piada não compreendida pode se transformar.

Não sei não, mas acho que essa temporada de Veep não me convenceu em ir até o fim bem regradinha nos episódios! Hahahaha

Nota-do-crítico-2

 

Agora vamos falar da temporada final de The Leftovers, Jesus (risos!), o que foi aquele primeiro episódio?!

Começou de um jeitinho meio maluco e estranho, confesso que fiquei: “gente, mais onde que tão querendo chegar com isso?! Nera Miracle e Kevin?! Que p**** é essa?!”

Bom, depois de esperar aflita, compreendi que era uma retomada ao passado e as crenças sobre um fim do mundo que nunca chega, e logo em seguida para alguns (2%) o “fim do mundo” chegou de fato. Cara, são muitas emoções porque essa série, é muito louca e demais de boa, né?! Daí a gente fica tenso, ainda mais sabendo que é o fim!

Eu queria abraçar quem criou os roteiros dessas temporadas todas, principalmente desta ultima! Queria que me ensinassem tudo sobre como arrebentar escrevendo séries, porque é incrível!

Para resumir, toda a maluquice do inicio é para fazer ligações e associações com símbolos, arquétipos de diversas origens, trazendo referências de profecias e mitologias misturadas: tem coisa Maia, Grega, Nórdica, Cristã Ortodoxa, ou seja, tem muita gente estudando e trabalhando para sair uma coisa linda e impecável, pois eu também tive que estudar e trabalhar muito para relembrar de tudo, foi difícil e eu não cheguei em nenhuma teoria linda e impecável que me desse uma diquinha do final! Hahahahaha

leftovers3

Há uma retomada de todos os fatos já ditos nas temporadas antigas, incluindo um bem peculiar da primeira! Parece que o Kevin está começando a ceder, de um jeito diferente, acerca de sua razão e ceticismo sobre si, muitas coisas inusitadas acontecem, novas teorias de como será o fim (se ele vier mesmo), a chegada de alguém que pode mudar tudo! Enfim, eu não sei mais o que dizer sem contar spoiler! Hahahahaha

Só sei que estou muito empolgada para esta temporada final, tudo  se encaixa tão bem, os atores são ótimos, tudo é tão surpreendente, a trilha é MARAVILHOSA.. Ai ai… Estou louca para saber se o fim do mundo virá ou não, se será o apocalipse, enfim, por favor não me decepcionem nos próximos capítulos!

Vejamos juntos essas intensas emoções! =)

Nota-do-crítico-5

Entre para o nosso grupo no Telegram
Participe de sorteios EXCLUSIVOS colocando seu e-mail abaixo:

Nerd: Natalia Contave

Natalia Contave, sou eu! A maluca com tatuagem de Harry Potter que ama cinema e literatura, e quando junta os dois, fica melhor ainda! Trabalho escrevendo, me divirto escrevendo, então, vamos fazer isso! Veremos uns filmes, leremos umas coisinhas e depois conto tudo por aqui! ;)

Share This Post On