Beatriz Napoli (Triz) | Redatora

Foto_in_post

Desde pequena, me interesso mais pela vitrine da livraria do que pelas de lojas de roupas.

Sempre tive uma mente muito criativa, por isso achava incrível como um mundo inteiro pode ser colocado no papel e fazer você viajar sem sair do lugar.

Minha paixão por livros começou desde os 3 anos de idade, quando pegava gibis da Mônica e inventava um diálogo para cada balãozinho antes mesmo de saber ler ou fingia que a lista telefônica na casa dos meus avós era um livro gigante cheio de histórias incríveis.

Depois dos livros, veio a paixão por games. Como a caçula da família, quase nunca conseguia jogar, mas acompanhava enquanto meus primos curtiam CrashDonkey Kong, Super Mario eResident Evil 1. Este último me deixou com um trauma irracional de jogos de terror que só estou conseguindo superar agora, depois de  muitos anos. Agora, com 22 anos e um PS3 só para mim, me tornei uma consumidora ávida de games de todos os tipos.

É engraçado pensar que sou propensa a devaneios, mas quando se trata de falar de mim, não consigo preencher muitas linhas. Se sou complexa ou simples demais, ainda não decidi, mas por enquanto, é isso que vocês podem entender da minha pessoa =)

“(…)Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes. Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos…Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer: E daí? Eu adoro voar!”  – Clarice Lispector

Nerd: Beatriz Napoli

Devoradora de livros, publicitária apaixonada, tem dois pés esquerdos e furtividade 0 para assaltar a geladeira de madrugada. Se apaixona por personagens fictícios com muita facilidade, mas não tem dinheiro para pagar o psiquiatra que obviamente precisa.

Share This Post On