Cinema Novo: Documentário para quem ama cinema nacional

Glauber Rocha foi muito importante para o cinema nacional e deixou uma herança boa para seu filho, relatos dele e dos amigos sobre o cinema novo no Brasil. Além de vários filmes de qualidade, baixo orçamento e muita criatividade.

Isto resume bem o documentário Cinema Novo!

CinemaNovo_01

Eryk Rocha, o diretor que foi premiado com o L’(Eil d’or) O Olho de Ouro de Melhor Documentário no Festival de Cannes de 2016, reuniu trechos de registros das principais figuras que tinham uma câmera na mão e uma ideia na cabeça, (Cacá Diegues, Glauber Rocha, Joaquim Pedro de Andrade, Leon Hirszman, Nelson Pereira dos Santos, Ruy Guerra, Paulo César Saraceni, etc)  contando suas experiências em como fazer cinema em uma época tão difícil, tanto economicamente, quanto política, com baixa infraestrutura, mas com grandes ideais de enraizados, coragem e disposição para um novo olhar para a sete arte.

O filme mostra como eles decidiram que iriam fazer um novo estilo de cinema nacional, diferente das pornochanchadas, com novo olhar estético, contudo, de possível execução.

CinemaNovo_02

Nós como espectador conseguimos entender como todo processo se deu, e como desenvolveu e foi evoluindo ao longo dos anos. Os diretores e roteiristas daquela época eram unidos e ensinavam a qualquer um que teria interesse em aprender como fazia um filme, sem concorrência e disputa. Eram amigos cooperando para um objetivo comum!

O documentário segue o mesmo estilo dos filmes do cinema novo, não há narrador, cortes secos e brutos, poucos corte, basicamente um apanhado e união livre das cenas dos filmes e dos registros dos depoimentos. Praticamente não há trilha sonora, quase 100% dos ruídos são originais e praticamente inteiro em preto e branco.

CinemaNovo_03

Se você é apaixonado por cinema e gosta desse período do nosso cinema nacional, vale muito a pena conferir. O Documentário acaba tornando-se uma aula animada e interessante sobre essa época e os professores são aqueles que produziram e viveram na pele toda aquela experiência em ação, ao fim você acaba se sentindo intimada daquela família de amigos, acaba achando que também fez parte da história.

 Cinema Novo tem estado presente em diversos festivais mundiais, participou da Mostra Hors Concours do Festival do Rio 2016, estará na Mostra 40 ° de São Paulo e está concorrendo ao Prêmio Fenix 2016 de melhor longa-metragem documental.

O filme estreia 03 de novembro de 2016.

Nerd: Natalia Contave

Natalia Contave, sou eu! A maluca com tatuagem de Harry Potter que ama cinema e literatura, e quando junta os dois, fica melhor ainda! Trabalho escrevendo, me divirto escrevendo, então, vamos fazer isso! Veremos uns filmes, leremos umas coisinhas e depois conto tudo por aqui! ;)

Share This Post On