Dica de anime 25 | Magi: The Kingdom of Magic

Olá pessoal, hoje falaremos sobre Magi: The Kingdom of Magic, anime que continua a história do sensacional Magi: The Labyrinth of Magic, do qual já falamos na Dica de anime 15 (clique aqui para ler). Não é de praxe da coluna falar de continuações e só falaremos de Magi: The Kingdom of Magic porque apesar de continuação direta e com os mesmo personagens é realmente um novo plot que é trabalhado.

 

MagiLab_post

 

Magi é um mangá de muito sucesso escrito e ilustrado por Shinobu Ohtaka. Assim como seu predecessor (realmente recomendo que leiam antes a dica de anime 25 sobre Magi: The Labyrinth of Magic para compreender melhor) os personagens principais são Aladdin, Alibaba e Morgiana, mas nessa série o foco em Aladdin fica bem maior do que na série original. Como descobrimos em Labyrinth of Magic Aladdin é um magi, uma criatura mágica que possui o poder de controlar os rukhs, e ele resolve viajar até o país de Magnostadt, conhecido pelo alto desenvolvimento da mágica, e se matricular disfarçado na famosa escola de magia do país. O anime se divide para mostrar as jornadas separadas dos três protagonistas (novamente, com destaque muito maior para a jornada de Aladdin) até juntá-las no final da temporada (não é nenhum spoiler, já que é uma estrutura de roteiro básica e qualquer espectador espera por isso).

Na crítica do primeiro anime eu fiz apenas uma ressalva, o exagero de fanservice (que na verdade nem é tanto comparado com alguns outros animes), nessa segunda temporada praticamente não há mais, um belo ponto positivo. Mas tudo que havia de bom na primeira série se mantem e até se expande aqui. Magi: The Kingdom of Magic é uma obra-prima, afirmo sem medo. Toda a discussão política profunda que havia em The Labyrinth of Magic é ainda mais explorada aqui, importantes questões sociais, como escravidão, sistema de classes, discriminação, ódio racial, tudo isto é trabalhado de maneira genial (e acho que apenas Full Metal Alchemist se aprofunda tanto nesses temas).

A dubiedade da sociedade de Magnostadt é explorada sem nenhum viés moralista, mostrando as motivações por trás até das atitudes mais monstruosas, em Magi ninguém é simplesmente mau, nenhuma atitude é gratuita, tudo é – em algum momento da série – explicado e o expectador consegue entender porque aquelas personagens terminaram agindo daquela maneira. Acreditem, Magi é facilmente um dos melhores animes de todos os tempos e PRECISA ser visto com urgência.

Ressalto que é necessário assistir à primeira série para que essa segunda faça pleno sentido (Você encontra os links no post sobre The Labyrinth of Magic). Magi: The Kingdom of Magic possui 25 episódios está disponível na Crunchyroll (clique aqui) e na Netflix (clique aqui).

Até semana que vem!

 

Dicas já Publicadas:

Conheça a Crunchyroll

Dica de Anime 01 – Baby Steps

Dica de Anime 02 – Hitsugi no Chaika

Dica de Anime 03 – Suki-tte ii na yo (say I love you)

Dica de Anime 04 – Akame ga KILL!

Dica de Anime 05 – Mahouka Koukou no Rettousei

Dica de Anime 06 – Fate/Zero

Dica de Anime 07 – Onegai Teacher

Dica de Anime 08 – Bugaku Shoujo

Dica de Anime 09 – Tonari no Kaibutsu-kun

Dica de Anime 10 – Chuunibyou Demo Koi ga Shitai!

Dica de Anime 11 – Sword Art Online (1ª temporada)

Dica de Anime 12 – Toaru Hikuushi e no Koiuta

Dica de Anime 13 – Trinity Seven

Dica de Anime 14 – Great Teacher Onizuka (GTO)

Dica de Anime 15 – Magi: The Labyrinth of Magic

Dica de Anime 16 – Strike the Blood

Dica de Anime 17 – No Game No Life

Dica de Anime 18 – Charlotte

Dica de Anime 19 - Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka (DanMachi)

Dica de Anime 20 – Digimon Tamers

Dica de Anime 21 – Kuroko no Basuke

Dica de Anime 22 – Digimon Adventure

Dica de Anime 23 – Hunter x Hunter

Dica de Anime 24 – Classroom Crises

Nerd: Arthur Malaspina

Arthur Malaspina é professor de português, nerd irrecuperável e humorista ocasional. Também não consegue se manter longe de discussões, seja na vida real, seja na internet. Tem opinião formada sobre praticamente tudo no mundo... mas não se preocupem, fica mais legal com o tempo. Co-proprietário do blog Han Atirou Primeiro (hanatirouprimeiro.blogspot.com.br). Twitter: @arthurskywalker

Share This Post On