E3 2016 | Eletronic Arts na “safe zone”

Fala aí Nerdaiada! A Electronic Entertainment ExpoE3 para os íntimos, é o principal evento de entretenimento eletrônico, aquele que abre as portas para os principais lançamentos, sendo ele jogos, consoles, equipamentos ou softwares.

Na edição desse ano, realizada de 14 a 16 de junho em Los Angeles a grande empresa que abriu as conferências foi a EA (Eletronic Arts), tendo agora o seu próprio evento para demonstrar e apresentar suas novidades – A EA Play – a empresa não veio com muitas novidades para a conferência.

As maiores surpresas vieram por conta de sequência de Titanfall, que não fez o sucesso esperado, e insistir num jogo que não foi muito bem não é a muito o perfil da EA. A segunda surpresa vem da parte do FIFA 17, onde agora você terá um modo história, com enredo e tudo mais, bem bacana e também pelo grande interesse pelo e-sport, vamos aos detalhes.

Titanfall 2

titanfall

Quando foi anunciado o primeiro jogo todos ficaram malucos com as possibilidades da gameplay, parkour, possibilidades de customização e ROBÔS GIGANTES! O hype foi inevitável. Mas infelizmente, Titanfall caiu na armadilha que vários outros jogos seguem caindo hoje em dia, uma campanha de marketing fenomenal para alimentar o “trem” do hype, mas na hora do lançamento, pouco conteúdo. E talvez o maior erro, a falta de uma campanha, como exemplos bem atuais temos Evolve e Star Wars: Battlefront.

Titanfall 1 vendeu muito bem obrigado, mas o número de vendas não reflete a real arrecadação, visto que para alavancar as vendas o jogo começou a ser vendido muito barato após algum tempo de lançamento.

Para a sequência os desenvolvedores parecem ter entendido o recado e focaram no que não deu certo no primeiro, fizeram uma campanha para o jogo! Ela demonstra agora que os Titans (não, não a banda) não são apenas armas de destruição em massa, mas sim, seres com uma união muito forte com o seu piloto, guiados por diretrizes, essas que com certeza tem base nas leis de Issac Asimov.

Além disso novas mecânicas foram adicionadas, como um gancho estilo Batman, onde você pode se prender à superfícies ou até fazer estilo Scorpion e laçar inimigos e com certeza isso deixará a jogabilidade ainda mais fluída. Temos também uma maior variedade de titans (e movimentos para eles), equipamentos e armas, o gráfico não precisa nem citar, está lindo.

Titanfall 2 conseguiu animar tanto ou até mais que o seu antecessor no anúncio, o jogo sempre teve um potencial muito grande, tanto que algumas de suas mecânicas foram aproveitadas em outros jogos, mas pecou em lançar com pouquíssimo conteúdo e na ausência de uma campanha. O que é indicado no trailer é que os desenvolvedores conseguiram entender e trabalharam nisso, assim esperamos.

Titanfall 2 será multiplataforma (Pc,PS4 e Xone) e lança no dia 28 de outubro.

 

Madden NFL 2017

Madden-17

Pouco conhecido aqui no Brasil, Madden é uma franquia de jogos de Futebol Americano, aclamada nos EUA. Como no caso de FIFA, as melhorias anunciadas são em grande parte técnicas, como melhor narração, uma melhor interatividade e melhoria na movimentação e IA.

Mas o ponto alto foi a abordagem da e-sports. Foi anunciado que Madden vai participar do e-sports com prêmios milionários, e como forma de incentivo eles entrevistaram os melhores jogadores, demonstrando um pouco da sua vida e os treinos necessários.

O e-sports apesar de ser uma área difícil aqui no Brasil é um mercado em franca expansão. As grandes empresas já estão de olho nisso e grande parte dos jogos já lançam com um viés competitivo. Não demorará muito para que esses atletas (sim, eles são, e devem ser reconhecidos como tal) sejam os mais bem pagos no cenário esportivo. Atitudes como essa ajudam a abrir as portas e reconhecer os profissionais da área.

Madden 17 será lançado dia 23 de agosto para PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One e Xbox 360

 

FIFA 17

fifa17_AlexHunter

Figurinha carimbada da EA, FIFA divide com PES como as maiores franquias de futebol. Como já era aguardado, foram anunciadas melhorias gráficas, de movimentação, de IA e gestão de time online. Mas a grande surpresa, e que na minha opinião foi a grande surpresa da conferência, foi o anúncio de uma campanha! Sim, um modo história para um jogo de futebol!

O modo foi batizado como “A Jornada” e contará a história de Alex Hunter, que sonha se tornar um grande jogador de futebol. Foram confirmadas a presença de vários astros da bola e técnicos também, emprestando suas vozes. Ao que se pôde ver pelo trailer iremos acompanhar Alex tanto na sua ascensão quanto em momentos mais difíceis da sua vida, o que intriga é se esses momentos estão realmente no script ou se são reflexos dos seus resultados.

Será que temos algum sistema de escolhas e consequências, tipo Dragon Age ou The Witcher? Será que apenas nossas atitudes em campo serão levadas em conta ou teremos uma interação social? Será que teremos alguma forma de interagir com os outros jogadores, criando laços ou coisas assim?

As possibilidades são grandes, resta saber como serão apresentadas no game, FIFA 17 será lançado em27 de setembro para PC, PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One.

 

Battlefield 1

Battlefield_1

E fechando a conferência tivemos o tão aguardado Battlefield, com a promessa de ser ainda mais realista e imersivo e com uma destruição ainda maior do cenário. Isto pôde ser visto na partida que rolou após a conferência, que contou com 64 pessoa (grande maioria celebridades, ver Snoop Dog jogando BF com um “cigarrinho” um tanto quanto suspeito não teve preço) e durou cerca de 1 hora.

Apenas um mapa foi apresentado mas podemos ver uma outra novidade nele, a mudança climática e de hora (tanto dia ou noite). A paleta de cores também está bem diferente, com muito tom de cinza, lembrando bem o aspecto visual de filmes da segunda guerra. A destruição do mapa parece ter mais possibilidades ainda, foi focado bastante em um Zeppelin que fica sobrevoando o mapa, ao que tudo indica ele é um ponto que pode ser dominado por qualquer uma das equipes e ao ser derrubado afeta e destrói o cenário de maneiras diferentes.

Graficamente BF sempre é lindo, efeitos de som, luz e sombra, o jogo sempre enche os olhos, mas após Hardline e Battlefront a DICE precisa se reinventar e trazer mais além de gráficos. O trailer da campanha de Battlefield 1 também foi mostrado na conferência, demonstrando que eles também estão preocupados na experiência mais casual.

Battlefield 1 lança em 21 de outubro de 2016 para PS 4, Xone e PC.

Além desses destaques outras coisas foram anunciadas como um novo jogo de Star Wars, mas ainda sem nome, um trailer making off de Mass Effect – Andrômeda, série que eu sou fã mas que foi estragada com o final do terceiro jogo (na verdade o terceiro jogo é bem inferior aos outros), espero que consigam trazer Mass de volta aos tempos áureos.

Uma atitude que precisa ser ressaltada da EA aqui é a campanha “Play do give”, que consiste em desafios dos jogos da sua empresa e ao final deles, premiações em dinheiro serão dadas a instituições de caridade. Para saber mais acesse aqui, mas de antemão, meus parabéns a EA.

A EA foi bem tímida quanto aos seus anúncios, mas é compreensível, dado que agora ela tem sua própria feira. Os anúncios feitos foram o suficiente para deixar todos os fãs (inclusive eu) com várias perguntas sobre os títulos. Vamos esperar os próximos episódios para uma melhor análise.

Mas o que acharam da EA na E3? Qual é o jogo que mais espera deles? Deixe aí nos comentários as suas expectativas!

Nerd: Leandro

Padawan de jornalista, 25 primaveras e acredita que todas as Tekpix são na verdade Decepticons à espera de uma ordem da Skynet para acabar conosco!

Share This Post On