Manual Para Se Defender De Aliens, Ninjas e Zumbis na Warner

Manual Para Se Defender De Aliens, Ninjas e Zumbis estreou neste domingo, na Warner, às 22h30.

insert_manual_para_se_defender_de_aliens_ninjas_e_zumbsA série nacional é dirigida por André Moraes e conta com Michael Joelsas, interpretando Sput - um garoto fissurado por astrofísica; Daphne Bozaski, na pele de Tina – uma garota briguenta e nervosa que não leva desaforo pra casa; e Thalles Cabral, que interpreta o bem humorado hacker viciado em zumbis, Wes.

O trio deve lutar com as três forças do mal que são apresentadas no título da série; os alines, ninjas e zumbis, guiados pelo maluco açougueiro Juarez.

O primeiro episódio foi bem curtinho, dura uns vinte e poucos minutos, e mostrou bastante personagens e traçou a linha principal que a trama irá tomar:

Os alienígenas estão entre nós e estão no poder como chefes de estado e de grandes corporações. O que eles querem? Roubar o nosso CO2, elemento do qual eles sobrevivem. O vilão é Garcia, vivido por Branco Mello, é um dos responsáveis por zumbizar os humanos, para tornar mais fácil o domínio do nosso planeta. Além disso, ele busca aliança com ninjas mercenários para lidar com os humanos mais rebeldes.

Assim, para proteger o planeta, surge a organização Nazca.

Lembra do açougueiro maluco? É ele quem convida/intima os protagonistas a participarem desta organização para salvarem o mundo. Pelo que pude entender o Juarez é o líder da Nazca.

No geral, a série tem uma sacada muito legal e os personagens são extremamente bem definidos desde o primeiro episódio (que assistimos com exclusividade), dá para perceber bem quem age com o coração e quem age mais com a lógica.

Davi_insert_to_post

Davi (André Bankoff)

Porém vou fazer uma ressalva e admitir que algumas coisas eu não entendi ainda. Então CUIDADO COM ESSE SPOILER AQUI:

Em um momento, vemos o personagem Davi (André Bankoff) - que não tem a menor ideia de que a Nazca existe – sair do trabalho normalmente

para matar alguns zumbis e entregar os corpos para o Juarez. Depois vemos Tina, Sput e Wes transportados para um lugar completamente destruído e, aparentemente cheio de zumbis. Pelo que apareceu na tela no momento dessa cena, aquilo fica em algum lugar do nosso mundo, mas não consigo entender como pode existir um lugar tão destruído sem que ninguém note, assim como não consigo entender o fato de só algumas pessoas saberem que os zumbis existem. Mas eu realmente espero que isso seja explicado um pouco mais pra frente.

As referências geeks estão por todos os cantos nessa série. Desde os posteres nas paredes, até os bottons na mochila do Wes. Absolutamente nada é coincidência.

Mas uma coisa eu digo: se você está esperando algo como The Walking Dead, essa série não é pra você. Ela tem uma pegada mais infanto-juvenil, mas tem tudo para ser divertida e ter sucesso!

Ah! Antes que eu me esqueça, já aviso: todos os episódios estarão disponíveis no Youtube no minuto após o encerramento da exibição pela Warner, ou seja, você já pode assistir ao primeiro episódio por aqui:

Não esqueça de se inscrever na nossa Mail List colocando seu e-mail abaixo!

Nerd: Beatriz Napoli

Devoradora de livros, publicitária apaixonada, tem dois pés esquerdos e furtividade 0 para assaltar a geladeira de madrugada. Se apaixona por personagens fictícios com muita facilidade, mas não tem dinheiro para pagar o psiquiatra que obviamente precisa.

Share This Post On