Orange is the New Black voltou pra dominar!

A 4° temporada de Orange is the New Black veio para acabar com as dúvidas daqueles que ainda não acreditavam em seu potencial. Assuntos complicados como privatização, questões étnicas e até mesmo o estupro foram tratados com profundidade, o que resultou em uma das melhores season finale.

Quando pessoas são tratadas como mercadoria e serviços básicos como alimentação, saúde e segurança são precarizados é certo que vai dar merda, em Litchfield não poderia ser diferente. Uma penitenciária com superlotação e guardas psicologicamente instáveis é a combinação perfeita para uma bomba relógio, a temática foi muito bem desenvolvida e conseguiu mostrar como afeta os envolvidos  dentro e fora da penitenciária.

A chegada de novas detentas causou uma reorganização nos grupos, reforçando ainda mais a demarcação étnica já existente, pra ter noção até Nazismo foi levantado, a parada ficou louca. Com o crescimento do grupo das latinas, alguns conflitos culturais internos serviram para quebrar uma concepção ultrapassada de que latinas são todas iguais, o que resultou no amadurecimento de personagens que até outrora passavam despercebidas.

orange-is-the-new-black-meros-devaneios-2

 

E não vai achando que essa temporada só tem problematização, apesar da série estar seguindo mais pro drama o humor ainda se faz presente, e vem em grande parte na forma de referência. É sério, a mão da referência chega treme com tantas citações. E se você, assim como eu torce pela Piper e Alex , já pode comemorar, nessa nova fase do relacionamento temos uma Piper mais confiante e uma Alex meio surtada, que por algumas circunstâncias passou a interagir melhor com outras personagens e isso reflete totalmente no relacionamento das duas.

Um dos fatores que me fez amar essa temporada foi o retorno da Nick, ela é minha personagem favorita e seu sarcasmo estava fazendo falta. Uma outra personagem que já chegou encantando foi a Lolly, ela é o tipo de personagem feita sob medida para te emocionar, e já que falamos de emoção não posso deixar de fora Poussey: construíram tão bem a personagem ao longo da temporada… ATENÇÃO

SPOILER ALERT! SPOILER ALERT! SPOILER ALERT!

que fez com que todos realmente sentisse sua morte. Se você ainda não assistiu, não perca tempo e corre pra Netflix, porque essa é de longe a melhor temporada da série.

Nerd: Lais

Digiescolhida, filha de Poseidon, apaixonada pelo Darth vader e louca por livros.

Share This Post On