Os três brasileiros de Game of Thrones

Nem só de Wagner Moura com a premiada Narcos vive a dramaturgia brasileira fora do país. Para quem gosta de Game of Thrones, o bacana é tentar achar três brasileiros que participaram da sexta temporada da série.

Robin Arryn é um deles, interpretado pelo jovem Lino Facioli desde a primeira temporada. Não está se lembrando quem é? Refresco sua memória: Lino interpreta o jovem filho de Lysa e Jon Arryn.

Robin acaba sendo um tanto quanto marcante para o público por torcer e desejar pela morte de Tyrion Lannister quando este está sob cativeiro de sua casa.

Lino mora em Londres com os pais desde os quatro anos de idade e tem outros trabalhos no currículo, como o longa “O Pior Trabalho do Mundo” com Russel Brand e Jonah Hill – além da película brasileira “O Menino no Espelho”. Comparado por muitos como um “mini-Joffrey”, até mesmo seu intérprete tem certo desdém pelo eventual sucessor da casa Arryn. “ “Acho que o Robin já é odiado. Até eu o odeio às vezes“, falou jocoso. “O Joffrey é sádico, faz as coisas com maldade, mas o Robin só é louquinho, sem noção. Como ele nunca foi machucado, não percebe que pode machucar os outros. Tudo para ele é um brinquedo. No fundo, ele só é chatinho“, disse em entrevista ao UOL.

O segundo exemplo não tem nenhuma fala na série, é um dublê. Afinal de contas, o que seria de Game of Thrones sem os dublês para cenas mais “quentes” ou de batalhas, não é mesmo? Fabio Santos é um renomado dublê e tem como principal habilidade a arte da capoeira.

Ele já apareceu como dublê em diversas megaproduções, como “Piratas do Caribe” ou “Harry Potter e as Relíquias da Morte”. Em GoT, Santos aparece no quarto episódio da sexta temporada (“Book of the Stranger”).

Ao contrário de Lino, nosso último exemplo foi criado nascido e criado no Brasil. O carioca Diogo Sales é terceiro e nosso final exemplo de ator brasileiro no casting de Westeros. Ou quase Westeros, por assim dizer: Sales interpreta um guerreiro Dothraki e suas características físicas obviamente denunciariam que ele é perfeito para tal papel: traços quadrados no rosto, pele com tom de cobre e olhos amendoados são as características mais marcantes do povo Dothraki.

A história de vida de Diogo como ator é um tanto quanto impactante. Em entrevista, ele relatou que trabalhou de madrugada panfletando para sustentar seu sonho de ator em Londres. As oportunidades não foram fáceis, mas ele conseguiu sua grande chance em GoT na última temporada. “Estou vivendo um sonho”, afirmou. Para interpretar um Dothraki, ele teve que passar por aulas de equitação e viajou para a Espanha e Irlanda com a equipe de filmagem.

Você pode ver uma entrevista realizada com Diogo pela Game Of Thrones Brazil abaixo:

Game of Thrones é uma série na qual existe a possibilidade de atores de diversos países poderem brilhar – muito porque o mundo, contando Westeros, Essos e Sothoryos, apresenta várias etnias que “batem” com as diversas etnias presentes em nosso próprio mundo. Com efeito, mais oportunidades acabam aparecendo para atores de outras nacionalidades e com as mais diversas nacionalidades. Vamos agora torcer para que haja outros papeis de destaque para brasileiros na série, que tal? Ou quem sabe Robin acaba tendo maior protagonismo nas próximas duas temporadas… Em Game of Thrones é impossível prever qualquer coisa!

Imagens: HBO, PokerStars

Nerd: Novo Nerd

O projeto (e a paixão) de uma equipe de Nerds que gosta tanto de suas esquisitices que não consegue se conter.Afie sua espada, prepare seu golpe poderoso, pegue seus power converters e embarque nesta estrada, porque, meus amigos, “it´s gonna be Legen… wait for it… DARY! LEGENDARY!” - SO SAY WE ALL.

Share This Post On