Recomendação de Livro – Filhos da Lua: O Legado

 

Fala galerê!

Hoje venho aqui para trazer uma recomendação!

Se você gosta de histórias que retratam elementos clássicos da fantasia, Filhos da Lua: O Legado, definitivamente é um livro para você. Vou fazer o máximo para não dar spoilers ;)

Mas antes de começar, você precisa saber que o livro está em pré-venda na Saraiva, se você já quiser pedir o seu depois de terminar por aqui ;)

História

inser_to_post_filhos_da_lua_BiancaEscrito por Marcella Rossetti, o livro conta a história de Bianca Fernandes, uma garota de 16 anos que passa a viver com sua meia-irmã Laura, depois da morte de sua mãe e padrasto durante um assalto. Porém Bianca enfrenta problemas sérios de episódios
de sonambulismo e terrores noturnos
devido ao trauma que sofreu quando pequena.

Seus ataques são tão graves que por vezes ela anda por corredores, e até sai de casa(!). Por esta razão as irmãs são forçadas a se mudarem de cidade constantemente, pois Laura acredita que a mudança de ares ajuda a manter a situação sob controle.

Agora vivendo na cidade de Santos, Bianca parte para mais um típico primeiro dia de aula, onde faz amizade com Renan e Nicole. Mas seu primeiro dia não passa despercebido, como ela esperava, pois quando ela encontra um grupo de 3 jovens – onde um dos integrantes é considerado um dos garotos mais bonitos da escola – tem sensações estranhas; seu coração dispara, sente uma pressão na cabeça e sua respiração fica ofegante.

Um dia, Bianca recebe um convite para o Barba Azul, uma famosa balada que está sendo reinaugurada na cidade. E é lá que ela descobre que está envolvida em mundo que ela desconhecia completamente e que seu papel nele é muito maior do que ela poderia ter imaginado.

inser_to_post_filhos_da_lua_alcateia de Lucas

Alcateia de Lucas – Rafaela Kariba Uivadora (à esquerda); Lucas Karibaki Destemido (centro); Vitor, Karibaki Furioso (à direita)

Veredicto: É bom demais

Visto que já estou relendo pela segunda vez, posso afirmar que a leitura é fácil, simples e, apesar de introduzir bastante personagens e uma mitologia surpreendentemente bem estruturada em apenas um livro – não faz com que o ritmo fique cansativo.

Fiquei surpresa com complexidade das premissas da história: há alguns pontos importantes para que você possa entender como funciona a hierarquia, e imprescindível que você não se esqueça desses pontos, ou vai acabar ficando confuso sobre alguns aspectos no decorrer da trama. Caso você decida ler, lembre disso aqui

inser_to_post_filhos_da_lua

As linhagens vem dos dons dados pela Lua em tempos muito antigos. Cada linhagem tem um legado que, por sua vez, carrega um dom

Julian Ross

Julian Ross, Karibaki Furtivo, líder de alcateia.

Mas se você de qualquer maneira ficar confuso no meio do caminho, a Marcella acrescentou um glossário sobre as linhagens, seus dons de Karibakis (trocadores de pele) ou parentes (aqueles que não trocam de pele, mas tem o dom) <3

Os personagens fazem questão de destacar que a palavra lobisomem não se aplica a eles, e que o termo é extremamente ofensivo, pois eles não são os animais irracionais e sedentos de sangue que são retratados nas histórias clássicas. E como lemos pelo ponto de vista de Bianca, que não sabe absolutamente nada sobre esse novo mundo, nós podemos aprender com ela sobre as regras e histórias dos Karibakis (como são chamados os Filhos da Lua neste livro).

A mitologia, embora seja simples de entender, é bem estruturada e justifica a ação dos Pérfidos (os que ainda são fieis ao deus que os criou, e não à Lua, que lhes deu os dons). Às vezes o narrador muda, e você pode também entender o que está acontecendo enquanto Bianca está no Refúgio (lugar seguro para os Karibakis).

Os personagens me pareceram realistas. Embora estejamos limitados a apenas um livro ainda, posso dizer que é possível entender as motivações de cada um, mas isso não significa necessariamente que confio neles. Talvez essa falta de confiança venha dos meus dias de Game of Thrones, mas em Filhos da Lua, eu não consegui confiar plenamente em absolutamente ninguém, nem mesmo na protagonista. Mas, mais uma vez, isso pode ser mais uma mania minha.

Ainda tem muita coisa para dizer sobre este livro, mas não consigo falar mais nada sem dar spoilers ¯\_(?)_/¯. Basta dizer que recomendo muuuuito e não acreditem apenas na sinopse, tem muito história aí no meio que não pude contar.

Nota-do-crítico-5

Nerd: Beatriz Napoli

Devoradora de livros, publicitária apaixonada, tem dois pés esquerdos e furtividade 0 para assaltar a geladeira de madrugada. Se apaixona por personagens fictícios com muita facilidade, mas não tem dinheiro para pagar o psiquiatra que obviamente precisa.

Share This Post On