Review [EXCLUSIVA] – Le Chevalier

Bonjour mesdames et messieurs, tudo belesma? E meu francês, melhor que o irlandês? É, também achei.

A Europa e o steampunk andam em conjunto na maioria das vezes, todo o visual dos meados da Revolução Industrial alimenta a imaginação dos autores, sempre fazendo uma brincadeira com a realidade, extrapolando a tecnologia que realmente se teve na época. A mistura do rústico com o tecnológico sempre é muito bem representada, robôs, veículos pitorescos e armas excêntricas são figurinhas carimbadas, bem como o visual diferente e chamativo dos personagens que vivem nesta realidade. Peças de metal, óculos e trajes elegantes, todos esses elementos aparecem em peso na graphic novel nacional, Le Chevalier – Arquivos Secretos, mais um selo primoroso da Editora Avec que nos deu a honra de deleitar este volume antes do seu lançamento!

le-chevalier_corpo1As histórias contidas neste primeiro volume (sim, são duas) contam com muita investigação, totalmente baseadas em obras de Arthur Conan Doyle como claro o seu mais conhecido personagem, Sherlock Holmes. 

Le Chevalier, na história, é um título hierárquico militar, como se fosse um detetive com autorização quase ilimitada – um Jack Bauer da era do vapor. Como uma boa obra do  gênero de detetive, nosso personagem principal tem ao seu lado o fiel companheiro, Persa. 

A interação entre Le Chavalier Persa é bem parecida com a de TimTim e Capitão Haddock - com direito até à macacos me mordam  - e como já pôde ser percebido, Persa é o alívio cômico da do enredo, ele também é utilizado para nos situar em alguns pontos da narrativa (alguns fatos ou termos são explicados à ele direcionados para nós, leitores). Ambos os personagens são bem caricatos, sendo o principal aquele clássico detetive inglês com nenhuma informação do seu passado, sempre com insights acerca das suas investigações, que fala difícil e humor ácido. Já seu fiel companheiro faz a linha mais bruta e ignorante, com um apetite que nunca é saciado (a maioria das piadas sempre são voltadas a comida).

Ambas as histórias giram em torno de investigações e lhe deixam bem curioso para saber o rumo que as coisas irão tomar, a escrita do André le-chevalier_corpo2Zanki é muito leve e fluída, mesmo com essa fluidez ele nos bombardeia com informações pertinentes da história, um ponto muito legal é que André se utiliza de personagens históricos reais na sua história, dando uma maior imersão para quem lê, temos a participação de  Jules Verne, Nicola Tesla entre outros. O que ajuda demais na imersão são as artes fantásticas do Fred Rumbim - mesmo ilustrador de Contos do Cão Negro - seus tons monocromáticos nos dão bem a sensação meio noir steampunk, tenho certeza que irão lembrar de coisas como Dishonored e Bioshock.

Um ponto negativo seria em questão da própria narrativa, por serem histórias sobre investigação, o enredo nos passa certa profundidade e te faz cogitar inúmeros desfechos, linhas de raciocínio de possíveis culpados, mas infelizmente no seu desfecho nada disso é entregue. A narrativa é bem construída, mas seu ápice acaba sendo um pouco fraco e simplista demais.

Le Charvalier – Arquivos Secretos é uma ótima graphic novel nacional, alia um enredo ótimo - mesmo tendo desfechos “fracos” - e uma arte maravilhosa. Ela será lançada na CCXP 2016 e nos foi cedida com exclusividade para resenha graças a Editora Avec. A obra já está em pré-venda na Epic Art corre lá garantir a sua para pegar um autógrafo no lançamento!

Nota-do-crítico-4

Não esqueça de se inscrever na nossa Mail List colocando seu e-mail abaixo!

Nerd: Leandro

Padawan de jornalista, 25 primaveras e acredita que todas as Tekpix são na verdade Decepticons à espera de uma ordem da Skynet para acabar conosco!

Share This Post On