River City Super Sports Challenge A.S.S | Review

E A-Ê, seus gamers oldshool, tudo belesma?

A série de jogos River City já é velha conhecida de todos. Pode não ser a mais conhecida, mas com certeza é história. Ela remete desde o nosso velho guerreiro NES, já passou pelo SNES e também pelo Nintendo DS, e não podia ficar de fora das plataformas PC e PS3. Lançado em 2015 pela H2 Interactive e desenvolvido pela Arc System Works, River City: Super Sports Challenge  All Stars Special  - ufa, até parece nome da versão final de algum jogo da Capcom - traz consigo o DNA da série de jogos River City, nos quais você pode sair por aí batendo em todo mundo, mas aqui, a história é outra.

O cenário da vez é um colégio, e você controla uma equipe de esportes que precisa se dar bem numa competição esportiva entre classes e outras escolas, assim, competindo e vários desafios, ou essa era a ideia - no final, tudo se resume a pancadaria!

river-city-super-sports-challenge

Apesar do jogo levar em seu nome “Sports Challenge” não é isso que vemos. Temos, ao todo, apenas 3 “desafios”: o principal é a corrida, que se assemelha bastante ao nosso querido Road Rash, onde durante a corrida você pode bater em seus concorrentes, utilizar materiais do cenário (o arsenal é grande, temos desde latas e pedaços de madeira até pneus e granadas).

A corrida começa em frente a escola e cruza construções, esgotos, casa e até telhados. Ganha quem somar mais pontos (você consegue isso batendo em seus adversários ou ficando na frente por mais tempo). Fora este desafio, ainda temos um modo de subir numa corda (onde as regras são praticamente as mesmas), e o último seria o mata-mata em arena, bem parecido com um Smash Bros. 

A forma como a pancadaria se desenrola é bem simples, temos pouquíssimos controles, andamos de um lado para o outro e para baixo. Além disso, temos o botão de pulo, um de chute e o outro de soco. Temos também uma caracterização mínima dos membros da equipe, na qual podemos escolher o cabelo, a cor da pele e os olhos, juntamente do seu golpe especial, que é executado com uma combinação de movimentos.

river-city-super-sports-challenge2

UFC em 2D

Apesar de ter uma ideia legal, ela é mal executada. Existem pouquíssimos “challenges” (para ser mais exato, três) e, fora isso, eles são mal explorados. O da corrida, por exemplo, se passa sempre no mesmo percurso, sempre o mesmo cenário, dando a sensação de deja vu – não a banda, ok? 

Os controles que são péssimos, sem opções de configurar a sua escolha, são as opções que estão lá e você que lide com elas! Sem falar que os controles também não respondem muito bem.

Pontos positivos: 

  • Gráficos e som muito bonitos
  • Humor sarcástico e estilo de animação bem legal

Pontos negativos:

  • Grande repetividade das fases
  • Jogabilidade horrível

River City: Super Sports Challenge All Stars Special - é quase um trava línguas - tem uma ideia bacana, mas não conseguiram colocá-la em prática, fazendo assim um jogo cansativo e frustrante na maioria das vezes. Mas é claro que você pode se arriscar e tentar me fazer ver mais pontos positivos que não vi ainda!

Essa análise foi possível através de uma parceria da Nuuvem com o Novo Nerd.

Nota-do-crítico-1

Não esqueça de se inscrever na nossa Mail List colocando seu e-mail abaixo!

Nerd: Leandro

Padawan de jornalista, 25 primaveras e acredita que todas as Tekpix são na verdade Decepticons à espera de uma ordem da Skynet para acabar conosco!

Share This Post On