Rogue One: Realmente “Uma História Star Wars”

Quando a gente acha que não pode mais ser surpreendido, o jogo vira! Sim, que filme, minha gente!

Eu acabei de sair da cabine de Rogue One e eu estou completamente embargada de muitas emoções. Mas vamos lá, tentarei ser objetiva e não dar nenhum spoiler, combinado?!

Rogue-One_1

Como a maioria deve saber este é o primeiro filme sobre Star Wars, com uma história independente. Sendo assim, quem nunca viu nenhum dos episódios pode sim ir ao cinema que vai entender tudo direitinho, talvez não note as referências, mas está tudo tranquilo! É um longa (Bem longo! Como sempre! ) muito bom, divertido e posso dizer “democrático”, fãs e “civis” curtirão.

Contudo, cara, Rogue One é uma peça que encaixa e complementa um período da história entre dois episódios do Star Wars. E por mais que existam alguns pontinhos abertos aqui e ali, esta pecinha preenche direitinho o espaço da trama e dos nossos corações fanáticos. (Eu estou emocionada, real!)

rogueone_2

Arrisco a dizer que este é o filme mais intenso, emocionante e agitado de toda a saga. É guerra de verdade, muito tiro, porrada e bomba, aqui não tem chance pra sabre de luz. A trilha ajuda a dar o toque de emoção para cada cena, algumas das músicas a gente já conhece, outras são novas, mas todas fortes, naquele esquema orquestrado e clássico, bem bonito e tocante que a gente já está acostumado.

O cenário é sombrio e mais escuro, também. E eu achei que o trailer não conta quase nada do que é realmente o filme, o que pra mim foi um ponto a favor.

bastante conflito e é muito legal “entender” o roubo do plano da Estrela da Morte. Tem muitas surpresas para os fãs, fiquem atentos a cada detalhe, pois todos eles são especiais.

E por último, nem por isso menos imperial, O QUE É DARTH VADER DE VOLTA às telas e aos nossos corações?!

rogue one_Darth Vader

Ao final da cabine de imprensa a galera aplaudiu o filme, coisa que quase nunca acontece por ai e que traz uma comoção muito grande, não é verdade?!

Queria contar cada detalhe, falar horas sobre os efeitos gráficos que são surreais de tão bons, pedir a ajuda de vocês para saber como que foi feita determinada cena, contar que o roteiro é redondinho, que as coisas fazem sentido e a história quase não deixa espaço para lacunas abertas, que as personagens são fortes e muito bem aproveitadas, que viva o girl power e que o elenco é demais, mas… Parei! Vão ver! Mesmo!

Eu sou fã (nem deu pra notar, né?!) e sai do cinema impressionada, feliz e embasbacada! Chorei bastante e tive a convicção que a Lucasfilm está vivíssima e a Disney nunca entra em uma parada de brincadeira, que união incrível!

Tomara que venha filme todo ano! =)

Rogue One estreia dia 15 de dezembro de 2016.

Nota-do-crítico-5

 

 

Nerd: Natalia Contave

Natalia Contave, sou eu! A maluca com tatuagem de Harry Potter que ama cinema e literatura, e quando junta os dois, fica melhor ainda! Trabalho escrevendo, me divirto escrevendo, então, vamos fazer isso! Veremos uns filmes, leremos umas coisinhas e depois conto tudo por aqui! ;)

Share This Post On