Takenoko: Cuide do Jardim e do Panda!

O Imperador japonês recebeu como um presente de paz da corte chinesa, um panda. Agora ele precisa de cuidados, juntamente com o seu jardim de bambus.

Takenoko 02Takenoko é um jogo competitivo onde as pessoas são membros da corte japonesa, com a tarefa de cuidar tanto do panda quanto do jardim de bambus do imperador. Ao mesmo tempo que é preciso alimentar  o animal voraz, é necessário irrigar e nutrir os três tipos de bambus do jardim. Afinal, ele  precisa continuar bonito para o imperador, mesmo tendo um panda com muita fome solto nele!

O objetivo do jogo é o seguinte: realizar tarefas diversas descritas nas cartas de objetivos e acumular pontos quando as completar. Quem tiver mais pontos no final da partida, é o vencedor. O jogo acaba quando um jogador completar um certo número de tarefas.  Nesse momento, completa-se aquela rodada e o conta-se os pontos de cada um, definindo assim, quem ganhou.

Takenoko 06O jogo funciona da seguinte maneira: há as peças de terreno que são hexagonais, que irão modelar e compor o jardim em si, e as cartas de tarefas, que dizem o que é preciso fazer para ganhar pontos. Em cada rodada, alternam-se os turnos dos jogadores, onde cada um age da seguinte maneira na sua vez:

Quando chega sua vez de jogar, é preciso primeiro rolar um dado para ver qual ação extra você ganha, tendo seis opções distintas ( terceira ação extra, irrigar terreno, repetir ação, mover panda, adquirir uma ficha de aprimoramento e coringa, que escolhe uma das opções anteriores). Além desta ação extra, há as opções seguintes:

- Comprar três peça de terreno, escolher uma delas e alocá-la no jardim adjacente à alguma outra peça de terreno;

- Construir um canal de irrigação entre peças de terreno;

- Movimentar o jardineiro imperial;

- Movimentar o panda;

- Comprar uma carta de tarefa;

- Alocar uma ficha de aprimoramento em um terreno que não possua já um aprimoramento;

Takenoko 04O jogador poderá realizar duas ações distintas na sua vez, com a exceção de ter rolado no dado a opção que permite repetir a mesma ação duas vezes. As peças de terreno podem ser de uma das cores do bambus: verde, amarela ou rosa, além de dois terrenos especiais. Assim, ao comprar peças de terreno, é preciso escolher uma dentre as três que compra para colocar no tabuleiro do jardim e as outras duas são devolvidas no fundo da pilha de peças de terreno. Já os canais de irrigação servem para poder irrigar terrenos secos e assim, poder plantar bambus neles.

Nota: um terreno está irrigado se ele tiver um marcador de irrigação sobre ele, ou se estiver adjacente à peça inicial que possui água ou de uma peça que tenha tal marcador de irrigação; e a última opção é um caminho canalizado para a água chegar no terreno, sendo que o canal deve conectar um terreno irrigado (que não seja por causa de um aprimoramento) até um não irrigado.

Takenoko 03Outra das opções é movimentar o jardineiro: este, ao movimentar-se, planta e faz crescer bambus onde ele parar. Note que tanto o movimento do jardineiro quanto do panda precisam ser em uma linha reta. Mas se o terreno que ele para não estiver irrigado, não é plantado nenhum bambu. Pode-se também movimentar o panda, e onde ele parar, ele come um pedaço de bambu que estiver naquele terreno. E a última opção é comprar um carta de tarefa de um dos montes – terrenos, jardineiro ou panda. As fichas de aprimoramento podem ser: irrigação, cerca para panda não comer ali e fértil, onde crescem dois pedaços de bambu ao invés de um (lembrando que o limite de cada bambu em um terreno é de quatro pedaços).

Takenoko 07Quando algum jogador completar entre sete e nove tarefas (dependendo da quantidade de jogadores), sinaliza que é a última rodada e o jogo acaba depois que cada outro jogador fizer seu último turno. Aquele que completou primeiro a quantia de tarefas, ganha o marcador do imperador que concede dois pontos extras.

O jogo não é complexo, na verdade é relativamente simples, uma vez que tenha visto as regras ou jogado pelo menos um turno. Visualmente é bonito e é bem divertido jogar. O fator sorte pesa pela aleatoriedade das peças de terreno, o dado no início do turno e das cartas de tarefas, mas dá para trabalhar em volta disso até certo ponto. Há espaço para estratégia, mas nem tanto assim.

Não notei nenhuma falha digna de citar ou problema de mecânica. No geral, é bem legal, e leve de se jogar. Recomendo, e desejo uma boa diversão alimentando o panda do imperador com seus amigos!

Nerd Review - Nota Final

Entre para o nosso grupo no Telegram
Participe de sorteios EXCLUSIVOS colocando seu e-mail abaixo:

Nerd: Guilherme Vares

Formado em Ciências da Computação e Pós em Jogos Digitais, aspirante à Game Designer, tendo Rpg e boardgames injetados diretamente na veia, adepto de jogos em geral e voraz consumidor de livros, séries e filmes.

Share This Post On