Top 10 – Os Melhores Jogos do Super Nintendo – parte 2 (do 5 ao 1)

Após uma semana voltamos à dificílima missão de eleger os melhores jogos do melhor console de todos os tempos. Antes de ler esse post, leia a Primeira Parte, para saber quem ficou nas posições entre 10 e 6. Sem muitas enrolações, vamos aos primeiros colocados!

 

 

5 – Donkey Kong Country

 

Dkc_snes_boxart

 

Ano de Lançamento: 1994

Desenvolvido por: RARE

Publicado por: Nintendo

Gênero: Plataforma

 

Ahhh, nada melhor do que começar com polêmica! Muita gente considera o segundo jogo da série o melhor, eu considero os dois do mesmíssimo nível, mas o que pesou a favor do primeiro aqui foram duas coisas. A diferença da jogabilidade entre Donkey Kong e Diddy é maior do que entre Diddy e Dixie e a trilha sonora do primeiro jogo é ligeiramente superior (as duas são obras primas saídas da mente brilhante de David Wise).

Ok, agora que já me expliquei, falemos melhor do jogo. Uma das melhores (e mais exigentes) experiências com plataforma de todos os tempos Donkey Kong Country tem de tudo, uma baita jogabilidade, gráficos que são lindos até hoje, personagens cativantes e uma curva de dificuldade perfeita. É a melhor experiência com plataforma tradicional da biblioteca dos Super Nintendo.

 

 

4 - Super Metroid

 

Smetroidbox

 

Ano de Lançamento: 1994

Desenvolvido por: Nintendo R&D1 e Intelligent Systems

Publicado por: Nintendo

Gênero: Plataforma Metroidvania

 

Super Metroid é pra muitos o melhor jogo de todos os tempos e não é exagero pensar assim, o jogo pega a já excelente experiência do Metroid original e eleva a enésima potência solidificando esse novo gênero (que só ficaria realmente completo com o lançamento de Castlevania: Symphony of the Night alguns anos depois). O sistema de você ter um mapa gigantesco que pode ser explorado conforme você vai conseguindo novas habilidades é aplicado perfeitamente aqui. Assim como no primeiro jogo essa é uma aventura solitária, sombria e com um clima muito diferente dos jogos da época. Se não jogou até hoje, jogue AGORA.

 

 

3 – Final Fantasy VI

 

Final_Fantasy_VI

 

Ano de Lançamento: 1994

Desenvolvido por: Square

Publicado por: Square

Gênero: JRPG

 

Final Fantasy é a maior saga de RPGs de todos os tempos e não há na série toda um título melhor que este aqui. Lançado originalmente como Final Fantasy III nos EUA, por conta de uma confusão nos lançamentos dos jogos da série (Final Fantasy foi lançado normalmente nos EUA, mas Final Fantasy II e III não foram, posteriormente Final Fantasy IV foi lançado por lá com o nome de Final Fantasy II, para não confundir os consumidores americanos. Depois disso Final Fantasy V foi deixado de lado e o VI lançado como III. Pura doidera).

Este JRPG traz a história mais bem desenvolvida e profunda que já vi em um jogo de videogame, cheia de personagens memoráveis e com o melhor vilão da história dos joguinhos eletrônicos, Kefka. Tudo isso junto com gráficos lindos, aproveitando as tecnologias inéditas do Super Nintendo, uma jogabilidade tradicional do gênero mas muito polida e trazendo diferenças individuais entre seus MUITOS personagens jogáveis. Caramba, não dá pra parar de falar bem desse jogo. Ahhhh, e a trilha sonora é uma maravilha!

 

 

2 - The Legend of Zelda: A Link to the Past

 

The_Legend_of_Zelda_A_Link_to_the_Past_SNES_Game_Cover

 

Ano de Lançamento: 1991

Desenvolvido por: Nintendo EAD

Publicado por: Nintendo

Gênero: Action RPG

 

Em segundo lugar temos o que, para muitos (inclusive para mim), é o melhor jogo da franquia Zelda, a franquia que possui os jogos mais bem avaliados de todos os tempos. The Legend of Zelda: A Link to the Past é um jogo perfeito. Eu poderia encerrar por aqui o texto, porque não há o que argumentar mais, o jogo não possui falhas. Aqui foi a primeira vez que a franquia adotou a estrutura – hoje clássica – de dois mundos espelhados, a quantidade de itens, a quantidade de dungeons, a quantidade de coisas pra fazer é incrível e o jogo nunca fica cansativo. A história é simples pra caramba, como sempre foi na franquia, porque Zelda não é sobre a história, é sobre a jornada e nenhum outro jogo te entrega uma jornada como esta!

 

 

1 - Chrono Trigger

 

Chrono_Trigger

 

Ano de Lançamento: 1995

Desenvolvido por: Square, Enix

Publicado por: Square

Gênero: JRPG

 

Estávamos no lindo ano de 1995, o Playstation e o Sega Saturn, os dois primeiros ponta-pés da Sexta geração de videogames já haviam sido lançados no Japão quando, em Março, a Square, numa inédita parceria com a sua então arquirrival Enix (elas só foram se unir como empresas em 2003, quando a Enix comprou a falida Square) lançou o jogo que muitos consideram o melhor de todos os tempos, essa obra-prima atemporal que é Chrono Trigger. Aqui temos as mãos dos criador de Dragon Quest, do criador de Final Fantasy e de Akira Toriyama (DRAGON FUCKING BALL) que fez todo o design de personagens do jogo.

Chrono não é um jogo como os outros, não, é algo totalmente especial. Um jogo lindíssimo com uma história que mistura SciFi com fantasia e viagem no tempo de maneira brilhante, com o set de personagens mais carismáticos da história dos videogames (gente, o Frog!), um sistema de batalhas delicioso que combina os poderes dos personagens do seu trio e sem as batalhas randômicas que tanto atormentam os jogadores de JRPG. A história não é complexa como a de Final Fantasy VI, mas é maravilhosa em sua simplicidade. Seus 13 finais dão ao jogo o nível máximo de fator replay e sua trilha sonora é algo que transcende os videogames.

Chrono Trigger não é só o melhor título da fabulosa biblioteca do Super Nintendo, não é só o melhor jogo já feito, é uma experiência profundamente apaixonante.

 

 

Não esqueça de se inscrever na nossa Mail List colocando seu e-mail abaixo!

Nerd: Arthur Malaspina

Arthur Malaspina é professor de português, nerd irrecuperável e humorista ocasional. Também não consegue se manter longe de discussões, seja na vida real, seja na internet. Tem opinião formada sobre praticamente tudo no mundo... mas não se preocupem, fica mais legal com o tempo. Co-proprietário do blog Han Atirou Primeiro (hanatirouprimeiro.blogspot.com.br). Twitter: @arthurskywalker

Share This Post On