Valkyrie Drive: o dia que dei uma chance ao Ecchi

Olá pessoal! Nos últimos dias andei procurando coisas novas para assistir, algo que me tirasse da zona de conforto e me trouxesse novas experiências, foi quando me recomendaram um Ecchi chamado Valkyrie Drive e decidi dar uma chance. Apesar de ter estranhado um pouco no começo, tentei focar na história e deixar todo o preconceito pelo gênero de lado, e não é que deu certo!??!

Antes é bom contextualizar, o que é um Ecchi: animes, mangás ou jogos que apresentem a sensualidade como principal tema, diferente do Hentai que mostra o sexo explícito.

valkyriedrive

Pra quem não conhece, Valkyrie Drive conta a história de meninas infectadas por um vírus chamado Armed e são mandadas para quarentena em uma ilha (Mermaid). O vírus se manifesta de duas formas diferentes: como Exter ou Liberator. As Exters possuem a habilidade de se transformarem em armas e as liberator são responsáveis pela ativação das armas, a forma de ativação não é nada convencional e é aí que o anime se diferencia. Para se transformar em armas as exter precisam estar em total sincronia com suas parceiras, e assim elas excitam uma a outra, ou seja, antes de qualquer batalha, lá estão elas se “conectando”.

O que no começo era um incômodo, logo se transformou em cômico e lá estava eu shippando casais! A trama é cheia de personagens carismáticos e batalhas empolgantes . De longe foi uma das experiências mais engraçadas da minha vida, tive a oportunidade de dar várias gargalhadas com as falas sem nexo e soltar vários “What?” com as cenas de camisas se rasgando com mais facilidade que papel.

É claro que nem todo Ecchi é divertido e muitos são feitos apenas pelo apelo sexual, minha dica é: se aventure, com a dose certa de pesquisa tenho certeza que vai encontrar algo que goste. Em especial para as meninas digo: PERMITA-SE!  Não se prenda em gêneros que você não vê graça só porque te disseram que menina não pode assistir Ecchi, Hentai ou seja lá o que for, você pode assistir o que quiser e não tenha vergonha de assumir isso.

Nerd: Lais

Digiescolhida, filha de Poseidon, apaixonada pelo Darth vader e louca por livros.

Share This Post On